QUEM ESTÁ COM DIFICULDADE PARA RESPIRAR?

QUEM ESTÁ COM DIFICULDADE PARA RESPIRAR?

Por Thiago Cavallini e Raissa Melo

De acordo com a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), a qualidade do ar em São Caetano hoje (07) está moderada, mas quem mora por aqui sofre consequências nada moderadas.

O mapa de qualidade do ar informa que nas últimas 24h o número de material particulado menor do que 10 micrometros (MP 10) no ar de São Caetano foi de 62 microgramas por metro cúbico.

“O MP 10 é poluente exatamente por causa de seu tamanho pequeno que o torna inalável. Respirar esse material pode causar danos graves à saúde com o passar do tempo”, explica o químico ambiental, Vítor Freire. Para ele a medida também é pouco eficiente, já que existem poucos pontos de análise do ar nas cidades da região.

Há um grande aumento no número de doenças respiratórias no inverno. A Secretaria de Saúde de São Caetano informou em junho que a demanda de consultas não agendadas aumenta cerca de 10% nas UBSs em relação ao resto do ano por conta desses casos, sobretudo entre idosos e crianças.

A cidade tem ações como a Estratégia Saúde da Família, que capacita agentes que levam informação às casas dos munícipes, explicando riscos e tratamentos dessas doenças.

Em 2012, a qualidade do ar em São Caetano foi a segunda pior do estado e o C do ABC falou sobre uma análise do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA). A pesquisa sugeria que o padrão de medida de poluição no Brasil é desatualizado em relação aos padrões internacionais recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde). (clique aqui para ver a matéria de 2012: http://goo.gl/mqRrBq)

Independentemente da maneira que a poluição é medida, a população percebe seus impactos diariamente e, após três anos, ainda está mais difícil respirar em São Caetano do que nas cidades próximas.

Existem vários fatores que contribuem para a piora da qualidade do ar, um deles é o número absurdo de carros nas ruas. A frota de veículos na região cresceu 67,84% nos últimos dez anos, de acordo com o Detran. Os dados mostram que são 188 novos carros por dia nas principais vias do ABC.

Em contrapartida, o número de árvores e áreas verdes em nossas cidades não aumenta. A OMS recomenda o mínimo de 12 m² de área verde por habitante, mas de acordo com Programa Cidades Sustentáveis, em São Caetano existem apenas 2,12 m² de área verde por habitante.

Os investimentos em transporte coletivo eficiente e menos poluente, e em medidas que protejam e aumentem as áreas verdes da cidade são urgentes. Caso contrário, os danos provocados pela poluição em nossas cidades serão irreversíveis.

Foto: Getty Images

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s