FUNDAÇÃO DAS ARTES TEM AUMENTO ABUSIVO DE MENSALIDADE EM 2015

Em alguns casos, a variação ultrapassa os 80% em relação a 2014

por Thiago Cavallini e Raissa Melo

Alunos e professores da Fundação das Artes de São Caetano do Sul foram surpreendidos na última semana com a notícia do reajuste no preço das mensalidades. Para aqueles que já estudam na escola ou são moradores de São Caetano, os aumentos podem chegar a 40% em 2015. Novos alunos, que não moram na cidade ou são residentes a menos de 2 anos, terão que pagar mensalidades com mais de 80% de acréscimo em relação a 2014. O que mais chama a atenção é o aumento absurdo dos preços de um ano para o outro, considerando que de 2009 para 2014, um período de cinco anos, o aumento máximo foi de 33,7%.

Historicamente, a Fundação é uma escola de artes com importância regional e nacional. O caráter social da instituição sempre foi uma de suas características marcantes, com o valor da mensalidade sendo mantido em patamares que permitiam um acesso democrático à formação em artes. Hoje, a Fundação cumpre o papel de valorizar a cultura a longo prazo em nossa cidade e põe São Caetano em destaque como um grande centro de formação de artistas.

Também é importante discutir uma possível irregularidade no fato da Fundação cobrar mensalidades. Segundo a legislação nacional, por ser uma escola pública, ela deveria oferecer cursos gratuitamente aos alunos. Além disso, a diferenciação da mensalidade entre alunos de São Caetano e de outras cidades e entre alunos novos e velhos pode ser considerada ilegal

No início do ano passado, houve risco das atividades da Fundação serem paralisadas por conta de diversas alterações realizadas no funcionamento da escola. Alguns cortes foram anunciados, o que deu início a um movimento na cidade em defesa da instituição. Uma das medidas que mais revoltou os manifestantes foi o corte de bolsas de trabalho, que eram concedidas aos alunos em troca de prestação de serviço nas atividades escolares. A administração atual parece enxergar a Fundação como uma fonte de gastos, ou uma forma de conseguir lucros financeiros, e não como um investimento em cultura e integração.

Vários alunos e professores já começaram a se mobilizar contra essas mudanças que podem acabar com a Fundação da maneira como a conhecemos. Durante uma apresentação na sexta-feira (05), alunos fizeram um minuto de silêncio em manifesto aos aumentos abusivos da mensalidade. Com tantas mudanças, uma instituição com reconhecimento nacional e grande poder de transformação social, pode tornar-se uma escola elitizada, com poucos alunos, pouca abrangência e pouca representatividade regional.

Para 2015, São Caetano tem um orçamento de R$1,15 bilhão, um dos mais ricos do Brasil. Será mesmo que é necessário um aumento tão abusivo na mensalidade da escola?

Acesse aqui as tabelas de aumento.

FUNDA_PROTESTO

Foto: Protesto de alunos contra o aumento, realizado nesta sexta-feira, em apresentação na escola.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s