POESIA – PARA NÃO TE ESQUECER

Neste sábado em nossa seção de literatura, mais uma belíssima contribuição de Mariza Lima Gonçalves, escritora e professora de São Caetano do Sul.

*

Mariza

por Mariza Lima Gonçalves

Para não te esquecer passo o mesmo perfume, ponho a mesma blusa.
Passo sempre pela mesma rua. Visito os mesmos lugares.
Para não te esquecer ouço a sua música preferida.
Lembro das suas palavras quando ela era tocada:
– Essa música é a minha preferida!
Para não te esquecer como o mesmo prato, faço a mesma salada,
Bebo o mesmo vinho. Como o mesmo queijo.
Tudo para não te esquecer!
E sigo seus passos…ando pelas ruas tonta de saudade.
Uma vontade imensa de encontrar seus abraços nas esquinas.
Mas que sina essa a minha.
Não te encontro em nenhum dos meus espaços.
Faço beiço, choro e me lembro do que você dizia quando assim eu fazia:
– Deixa disso, menina! Essa dor há de passar. A vida ensina.
Não me contento com as lembranças
Passeio por todas as fases… Chego a ser criança.
E você não vem!
Mesmo que eu esteja com a roupa, aquela sua preferida.
Mesmo que eu me apronte como se fosse minha nova vida.
Mesmo eu fazendo tudo para não te esquecer…
Você não vem!
Mesmo assim faço de tudo para não te esquecer.
Você está em mim como eu mesma.
Como se fosse uma parte do meu ser, do meu universo.
Faço de tudo para não te esquecer
Não posso deixá-lo morrer pela segunda vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s