PREÇO DOS ALIMENTOS CONTINUA SUBINDO NO ABC

Apesar da queda de impostos, a região paga mais pelos itens da cesta básica

cesta_basica_ABC_2O consumidor no ABC está sofrendo no bolso a alta constante dos alimentos. Essa semana, os principais responsáveis pelo aumento foram a carne bovina (+5,735%), o leite (+4,11%), o feijão (+2,95%) e o arroz (+1,82%).

A pesquisa foi realizada pelo Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André). “Provavelmente, isso aconteceu pela ausência de promoções devido à época do mês, quando são comuns preços mais altos nos dias mais próximos ao pagamento dos salários”, analisa o engenheiro agrônomo da Craisa, Fábio Vezzá De Benedetto.

Os aumentos vão na contramão da expectativa dos consumidores, que esperavam redução dos preços devido ao pacote de desoneração fiscal anunciado pelo governo federal. A realidade é que redução de impostos não significa diminuição automática de preço, principalmente em produto de primeira necessidade, como a cesta básica.

“Diferentemente da linha branca e de automóveis, a desoneração antecipação ou crescimento nas compras dos consumidores”, adverte o presidente da Sincovaga, sindicato dos varejistas de alimentos. Dessa forma, corre-se o risco da redução de tributos ser transformada em lucro e não haver repasse do desconto aos consumidores. Não há interesse do empresariado em reduzir os preços se não há perspectiva de aumentar as vendas.

Com informações do Diário do Grande ABC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s