TRENS ATÉ A ESTAÇÃO LUZ SÓ DEPOIS DE 2016

Secretário de transportes do Estado condicionou volta do trajeto à conclusão do Expresso ABC

Uma má notícia para quem esperava a volta dos trens até a estação Luz. Segundo a secretaria de transportes do Estado, o trajeto só voltará a ser feito depois da conclusão do Expresso ABC, prevista para 2016.

Desde 2011, a estação final da linha 10-Turquesa, que passa por São Caetano, é o Brás. O fato gera insatisfação nos usuários desde então.

TRENS_LUZ_SCSA estação da Luz é uma das mais importantes do sistema de transporte sobre trilhos da região metropolitana de São Paulo, interligando as estações Coral e Rubi da CPTM e a Amarela (Luz-Butantã) e Azul (Jabaquara-Tucuruvi) do Metro. Sem a integração com a linha que vem do ABC, os usuários tem que percorrer caminhos maiores e com mais integrações para acessar destinos comuns, principalmente ligados às linhas do Metro.

Outro fato lamentável é o conhecido atraso nas obras de transporte em São Paulo. Se a promessa de entrega do Expresso ABC é para 2016, podemos ter quase certeza que não receberemos a obra no prazo e consequentemente, teremos que esperar mais para ir até a Luz.

Com informações do Diário do Grande ABC.

Imagem: arte sobre foto de Renato Lobo

Anúncios

Uma resposta para “TRENS ATÉ A ESTAÇÃO LUZ SÓ DEPOIS DE 2016

  1. Vejamos algumas definições básicas de tipos de estações ferroviárias
    1ª Terminal: Composições não tem prosseguimento no mesmo sentido, expl. Júlio Prestes.
    2ª Passagem: Composições tem prosseguimento no mesmo sentido, expl. Luz.
    3ª Mista: Possuem ambas as características de terminal e passagem, expl. Barra Funda , Brás.
    Comparando as baldeações no Brás ou Barra Funda vejamos os dois casos;
    1º Linha dez no Brás, os usuários tem as opções de utilizar os trens suburbanos ou metro numa estação de passagem em que ambos, trens e metro estão em um local de demanda máxima no sentido Barra Funda.

    2º Linha sete na Barra Funda, com possível terminal na Júlio Prestes, os usuários tem as opções de utilizar os trens suburbanos ou metro numa estação de terminal em que ambos, trens e metro estão em uma estação terminal em um local de demanda menor no sentido Luz zona leste, pois estão no contra-fluxo, além de que quando chegassem a Julio Prestes teriam acesso via a uma passagem a ser construída, as linhas 1-Azul e 4-Amarela do metro, num total de três linhas.

    Condicionar a volta da Linha -10 a conclusão do monotrilho Linha 18-Bronze ou da estação Bom Retiro é um destes argumentos e desculpas mais absurdas que não podemos engolir.

    Já se encontra demonstrado pela própria CPTM de que a Linha 10-Turquesa possui mais passageiros, mesmo não tendo ainda sido instalados os futuros monotrilhos linhas 18-Bronze e 15-Prata com relação a linha 7-Rubi, comprovando que foi uma farsa as alegações da CPTM para sua retirada.

    A estação da Luz já estava com sua capacidade esgotada quando teve por um planejamento mal executado a instalação uma estação subterrânea como terminal da linha-4 Amarela do Metro, sem que a estação Nova Luz estivesse concluída.

    A estação da Luz é uma estação de característica de passagem, e é um desperdício logístico utilizá-la como estação terminal como é a Júlio Prestes, que só tem condições de receber composições provenientes de Barra Funda, se for para usar como terminal, porque não se transferiu a linha 7 para Júlio Prestes que fica próxima e esta subutilizada ?

    Algumas das últimas áreas periféricas paralelas disponíveis para estações ferroviárias em SP, como o;
    Iª Pátio do Pari;
    IIª Área entre a estação da Luz e Júlio Prestes no antigo moinho desativado, e recentemente demolido Estação do Bom Retiro, na qual englobaria as duas linhas duplas que se dirige a Luz , com uma dupla que se dirige a Julio Prestes, em uma estação unificada;
    IIIª Priorizar a execução do projeto da Nova estação da Luz, revitalizando e integrando com a Júlio Prestes, que hoje esta subutilizada com previsão de encerramento como estação ferroviária;
    IVª Cercanias da estação da Mooca até a Av.do Estado na antiga engarrafadora de bebidas desativada no município de São Paulo;
    Vª Unificação das linhas 7 e 10, ou seja, exatamente como era em passado recente e que nunca deveria ter mudado, utilizando composições mais potentes, para finalizar a alegação que a potência das composições atuais da linha 10 não é possível vencer a inclinação de linha 7, ou seja, exatamente do mesmo tipo das que são utilizadas hoje da Luz até Francisco Morato, com a aquisição de algumas unidades complementares as existentes.
    VIª Existe hoje entre as estações do Brás até Mauá uma linha ociosa que no passado foi utilizada como linha expressa com paradas na Luz, Brás, S Caetano, Sto André e Mauá.

    O expresso ABC Linha 18 -Bronze, é outra farsa eleitoreira que se promete no futuro chegar a Luz (que hoje esta suprimida) mas que na verdade é um monotrilho com final na estação Tamanduateí, da CPTM, não até o centro, como muita gente esta entendendo, e já tem até um tal “Morando” em SBC, posando em cartaz como pai desta criança que ainda nem foi concebida.

    Uma vez que fica demonstrado tecnicamente ser esta uma decisão arbitrária e sorrateira, devemos sim, levar em conta o lado político na escolha da linha a ser retirada, pois na região do ABC são municípios independentes e seus eleitores não votam na capital, e um histórico de bom comportamento em relação a outras linhas, o que é confundido como usuários satisfeitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s