DAE DE SÃO CAETANO NEGLIGENCIA RESÍDUO DE ÓLEO

Cada vez mais pessoas sabem que não se deve jogar o óleo de cozinha no ralo. Muita gente, ao invés de jogá-lo na pia, acaba descartando-o no lixo comum. O que poucos sabem é que ambas as ações são perigosas para o meio ambiente e causam grande dano ambiental.

E então como devemos descartar nosso óleo usado? Através de coletores específicos, que deveriam ser fornecidos pelo poder público. No nosso caso, a Prefeitura Municipal, através do DAE, seria responsável pelo assunto.

Ocorre que o Departamento de Água e Esgoto não está preocupado com o tema. Segundo Caetano Altenfelder Silva, consultor da área social, houve descaso no Plano de Resíduos, apresentado esse mês (abril/2013) quanto ao manejamento do óleo. “Disseram que o assunto não era prioridade naquele momento. O DAE não se preocupa com o óleo que vai para o esgoto e nem mesmo se interessa em saber dos danos causados”, afirma. “São em média 13.700 litros de óleo por mês na rede de esgoto, contaminando aproximadamente 250 milhões de litros d’água mensalmente. Se isso não é prioridade, então o que é?”

Caetano tem experiência na questão: “questionei o DAE sobre a falta de dados sobre o resíduo de óleo porque já atuei na coleta do material em São Caetano e fiz estudo sobre a realidade da cidade”. Além da contaminação da água, o óleo jogado no ralo causa entupimento de tubulações, proliferação de insetos, poluição do solo e encarecimento do tratamento da água.

A solução do problema não é cara e depende de vontade política. Programas constantes de orientação e educação ambiental, aliados a campanhas de coleta em escolas, estabelecimentos comerciais, condomínios e ecopontos resolveriam em muito o problema. “Cheguei a fazer, sem apoio financeiro, esse trabalho de conscientização, inclusive no condomínio do atual secretário do meio ambiente Horácio Pires”, alertou o consultor.

“Desde 2010 estou lutando pela causa e a Prefeitura/DAE nunca se preocuparam efetivamente com o problema; eles não possuíam nem os dados que citei. Quem sabe agora, sabendo o tamanho do problema, eles comecem a pensar no caso.”

Esperamos e torcemos para que esse tema finalmente vire prioridade na cidade. Afinal, fazer publicidade pelo não desperdício de água quando a prefeitura não dá o exemplo, e contribui para a contaminação de milhões de litros de água, é uma grande contradição.

Anúncios

Uma resposta para “DAE DE SÃO CAETANO NEGLIGENCIA RESÍDUO DE ÓLEO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s