O PODER DO “UM”

Muitas vezes nos espantamos com a capacidade de certas pessoas de colocarem ideias em prática, mesmo nas piores situações.

É isso que vemos nas ações de uma catadora de material reciclável de uma pequena cidade do interior de São Paulo, Mirassol, a 455 km da capital.

Cleuza Aparecida Branco de Oliveira, de 47 anos, construiu uma biblioteca a partir de livros encontrados no lixo. O local fica na associação de catadores e conta com 300 títulos, dentre eles obras de Machado de Assis, Saramago e Veríssimo. A leitura no local e o empréstimo de livros são gratuitos.

A atitude de Cleuza incentivou empresários da região a doarem livros e investirem no projeto, possibilitando uma futura ampliação do local.

A partir desse exemplo, fica claro o poder que muitos de nós temos para transformar a realidade ao nosso redor, mesmo sem as condições ideais. É preciso que sejamos sujeitos ativos de nossa comunidade e nos engajemos em ações transformadoras sem esperar a necessária e frequentemente lenta ação das administrações municipais.

Leia a notícia da Folha na qual baseamos nossa matéria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s