SOBRE O PREENCHIMENTO DE VAGAS NAS ESCOLAS DE SÃO CAETANO

Muitas mães nos contam a dificuldade em encontrar uma vaga na escola mais próxima de suas casas, o que leva muitas a matricular seus filhos em escolas de outros bairros por falta de opção.

Ao invés de investir na qualidade de todas as unidades de forma igual e em critérios seletivos que priorizem a comunidade do entorno da escola, a prefeitura esconde seus critérios e permite a má distribuição dos alunos, o que resulta em falta de vaga em certas unidades e vagas ociosas em outras.

A leitora Janaína conta que sua filha estuda há dois anos em escola do município, no bairro Vila São José, mas desde o ano passado tenta matricular a menina em uma escola mais próxima no bairro Mauá, onde a família mora. “Acontece que não consigo de jeito algum esta transferência porque eles alegam que não existem vagas disponíveis na escola que estou solicitando”.

O problema de não se saber ou mesmo não existir critérios para a matrícula das crianças nas escolas do município é a contradição de morar perto, mas não poder usufruir, como o caso de Janaína. A situação acaba gerando uma sensação de injustiça grande entre os moradores. “É o que acontece com minha filha e muitos outros moradores de bairros que tem escola ao lado, mas nunca tem vagas.”

Como quase todos os critérios seletivos em São Caetano, esse de vagas nas escolas não é nada transparente. Esconder tais procedimentos e não fiscalizá-los abre brechas para um problema grave que é a troca de favores com fins pessoais no serviço público. E onde há o favorecimento de poucos, há injustiça. Como sempre defendemos, uma das formas mais eficazes de combater esse tipo de corrupção é ter uma administração pública transparente.

É um absurdo alegarem falta de vagas nas escolas. Se a unidade tem mais procura do que vagas, alguma coisa está errada e para isso há duas hipóteses. Se há vagas nas demais escolas, significa que a prefeitura não está investindo na qualidade do ensino. E se há falta de vagas em todas as unidades, é preciso ampliar as escolas e construir novas unidades para garantir esse serviço básico ao qual toda a população da cidade tem direito. Em qualquer caso, fica claro que São Caetano precisa melhorar o acesso à educação e a sua qualidade.

Aliada a esse investimento necessário na educação pública da cidade, uma atitude simples, como a priorização de matrículas de crianças de famílias que moram no mesmo bairro da escola, facilitaria a vida de muitos pais que dependem de transporte público e também diminuiria os deslocamentos de carro na cidade, melhorando a qualidade de vida de todos. São Caetano tem total condição de realizar essas melhorias. Só não faz porque a prefeitura não quer.

Anúncios

4 Respostas para “SOBRE O PREENCHIMENTO DE VAGAS NAS ESCOLAS DE SÃO CAETANO

  1. boa tarde gostaria que voces ajudassem as maes do bairro maua pois estao falando que vao retirar do alcina no ano de 2014 o primeiro ano do fundamental, como ficaremos nois maes que temos mais de um filho que ja estuda no alcina no 3 ano do fundamental e temos outro que ingressara no primeiro no ano que vem????levaremos um em cada escola? uma perto e outro longe???de carro??? de onibus?????a pe??????sera que e correto ao inves de criar mais vagas no funda mental para as crianças do bairro e joga-las em escolas longes?????

  2. Tambem estou vivendo esse dilema. Resido no Bairro Santa Maria, minha filha estuda na EMI Fortunato Ricci, agora fui procurar bercario pro meu bebe, me mandaram pra Rua Silvia, sendo que tem a EMI Fernando Pessoa ao lado da escola da irmazinha dele.
    Mais essa Fernando Pessoa e so para previlegiados pelo jeito.
    Por tres anos tentei essa escola pra minha primeira filha, NUNCA CONSEGUI uma vaga.

  3. Moro em são caetano à 13anos meus filhos estudavam nas escola infantil quando foi para traje para Alcina Dantas Feijão nunca tinha vaga tiver que colocar na escola particular agora não conseguiu pagar não consigo transferi para Alcina nunca tem vaga nós que paga imposto não tem vaga conheço muita gente que mora em São Paulo e o filhos estudavam no Alcina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s