Apóie quem não suja a sua calçada nessas eleições

Com a liberação da propaganda eleitoral, panfletos e santinhos passam a compor o cenário urbano, sendo deixados muitas vezes nas calçadas e ruas. Contra a sujeira nas ruas provocada pelas propagandas políticas, uma jornalista e um publicitário resolveram criar a campanha “Quem suja agora, vai sujar depois”, que usa apenas redes sociais para divulgar o protesto, informa a Folha de S. Paulo.

Segundo Isabella Meneses, 29, uma das idealizadoras do movimento, seria possível fazer uma campanha com menos uso de papel. Para a jornalista, a internet é capaz de gerar “marketing boca-a-boca” suficiente para fazer com que as pessoas que não têm acesso à internet saibam quem são os candidatos na disputa.

“A sujeira provocada pelas propagandas provocam problemas para a cidade, gera lixo, entope bueiros. Tudo está errado”, afirma Meneses. Por meio de páginas no FacebookTwitter e YouTube, o projeto divulga as ideias do movimento e ainda propõe contribuições de internautas.

Em São Caetano, Thiago Cavallini, criador do C do ABC e candidato a vereador pelo PSOL, começou a “Campanha Sem Papel” com amplo apoio do movimento “Quem suja agora, vai sujar depois”.  A ideia é movimentar o cenário político na cidade para que a população cobre dos candidatos atitudes coerentes e atentas ao meio ambiente.

Nesta sexta-feira, 13, o jornal ABC Repórter falou sobre a “Campanha Sem Papel” e espalhou a notícia. Quanto mais pessoas adotarem essa ideia, mais a cidade tem a ganhar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s