Wi-Fi em locais públicos: Diadema tem, São Caetano não

Na foto: Europa conta com Wi-Fi gratuito até em trens. São Caetano poderia ter, mas não tem!

Uma notícia boa para a população de Diadema e um exemplo para a região do ABC: a partir dessa semana, a cidade conta com internet Wi-Fi (sem fio) gratuita em cinco áreas públicas do munícipio. O sinal será disponibilizado em centros culturais e áreas esportivas para acesso por meio de notebooks, smartphones e outros dispositivos portáteis.

O C do ABC já defendeu em outra matéria o investimento em Wi-Fi gratuito em áreas públicas de São Caetano, considerada a cidade com mais pessoas conectadas no Brasil, segundo estudo recente da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na nossa cidade, 69% dos domicílios estão conectados, no entanto, a inclusão digital em espaços públicos aqui é ínfima. É uma vergonha e um atraso, a prefeitura da cidade não investir em conexão de internet sem fio pública, como já faz Diadema e outras cidade, como Ribeirão Pires e Alvorada (RS).

Esse é mais um ponto em que São Caetano poderia se tornar modelo para a região, mas não o faz por incompetência política de seus atuais administradores. Pela sua dimensão pequena, de apenas 15 quilômetros quadrados, São Caetano poderia se tornar uma “cidade digital”, tornando as ruas, avenidas, praças, parques, teatros e demais equipamentos públicos em espaços de conectividade. Exigiria também uma estrutura moderna para o funcionamento dos serviços da prefeitura em rede, democratizando o acesso à informação, aumentando a esfera pública e facilitando o dia a dia do morador, que poderia marcar uma consulta nos hospitais e ter acesso aos documentos da prefeitura. Já o poder público ganharia credibilidade ao se aproximar do cidadão por outros meios, garantindo transparência e eficiência em seus serviços.

Queremos uma São Caetano 100% conectada! Queremos Wi-Fi gratuita!

A rede Wi-Fi pública em Diadema

Apesar de inovar na região, o modelo adotado pela prefeitura de Diadema é ainda muito burocrático e “paternalista”. Dá para democratizar mais esse serviço. Hoje, para conseguir a conexão, o usuário deve preencher formulário com nome, CPF, RG, endereço e telefone para contato. Será necessária a criação de nome de usuário e senha. Após o preenchimento, o internauta receberá mensagem eletrônica para confirmação do cadastro. O limite de utilização será de três horas e 100 megabytes por dia. Após a superação do tempo ou da quantidade máxima de dados, a conexão é suspensa e só pode ser retomada no dia seguinte.

A criação de pontos de internet Wi-Fi gratuita é estudada por outras prefeituras da região. Apesar dos projetos, ainda não há prazos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s