Movimento de jovens inicia ações contra torturadores da ditadura

Nota para fato importante, gente!

A notícia foi divulgada pela Radioagência NP. Segue matéria de Danilo Augusto.

Movimento de jovens inicia ações contra torturadores da ditadura

“O Levante Popular da Juventude realiza, em várias capitais do país, ações simultâneas de denúncia de torturadores que atuaram na ditadura civil-militar brasileira, e continuam impunes. Os manifestantes apoiam a Comissão da Verdade e exigem apuração e punição pelos crimes cometidos por agentes do Estado.

O caráter das ações é conhecido como “escracho”. Os jovens fazem atos de denúncias e revelações dos torturadores que continuam soltos e sem julgamento sobre suas ações durante a ditadura. 

O Levante Popular da Juventude é um movimento social organizado por jovens que visa contribuir para a criação de um projeto popular para o Brasil. Não é ligado a partidos políticos.

Nesta segunda (26), já foram realizadas diversas manifestações. Em São Paulo, aproximadamente 150 jovens fizeram um protesto contra o torturador David dos Santos Araújo, o Capitão “Lisboa”, em frente a sua empresa de segurança privada Dacala.

Em Porto Alegre, cerca de 100 jovens estiveram em frente à casa do Coronel Carlos Alberto Ponzi, ex-chefe do Serviço Nacional de Informações da capital gaúcha. Já em Belo Horizonte, 70 jovens “denunciaram” o torturador Ariovaldo da Hora e Silva.

De São Paulo, da Radioagência NP, com informações do Levante Popular, Danilo Augusto.

26/03/12″

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s