Peça teatral “Carne” discute as relações entre o patriarcado e o capitalismo

Para quem ainda não viu, fica a dica. O espetáculo segue até o dia  de março no Sesc Santo Amaro. 

A peaça discute as relações entre patriarcado e capitalismo, mostrando o panorama da opressão de gênero e a situação específica da violência contra as mulheres no Brasil.

Neste trabalho cênico são utilizadas canções populares, imagens publicitárias, estatísticas sobre a violência contra as mulheres, trechos de romance, entre outros materiais.

A peça é uma produção da Kiwi Companhia de Teatro, que existe há 15 anos e que tem como objetivos refletir sobre o teatro e a sociedade, abordando criticamente temas da atualidade.

Durante os anos de 2010 e 2011 o trabalho foi apresentado mais de 70 vezes em diversas regiões da cidade de São Paulo com o apoio do Programa Municipal de Fomento ao Teatro e em parceria com movimentos de mulheres e organizações sociais (entre eles a Ação Educativa e Hiphop Mulher).

Os movimentos e organizações de mulheres tem entrada gratuita garantida no trabalho mediante reserva antecipada (contatos: lunus41@hotmail.com ou fone (11) 7618-1690).

 

Direção: Fernando Kinas

Elenco: Fernanda Azevedo, Mônica Rodrigues

Direção musical: Eduardo Contrera

Assistência de direção e produção: Luiz Nunes

Operação de Luz: Fabio Ferretti

Duração: 1h20

Faixa etária: maiores de 14 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s