Grande ABC precisa de pelo menos 2.000 educadores

É lei! Todo professor precisa dedicar pelo menos um terço (cerca de 33%) da jornada de trabalho – de 40 horas semanais – para o planejamento das aulas. Hoje, nos municípios do Grande ABC, um professor dedica em média 20% da sua jornada. Por quê? Bom, a questão é antiga, os salários são baixos, o que obriga os professores a assumir mais de um emprego não restando tempo extra para preparação de aulas, o que resultaria em uma melhor qualidade de ensino.

O fato é sério e foi veiculado recentemente em matéria publicada pelo site do Diário do Grande ABC. Segundo o jornal, para estar de acordo com a Lei Nacional do Piso Salarial do Magistério, é necessário a contratação de PELO MENOS dois mil educadores na rede municipal.

A realidade é que…

Em São Bernardo, a secretária de Educação, Cleuza Repulho, acredita haver necessidade de recrutar cerca de 1.000 professores, um terço a mais do que os profissionais existentes na rede hoje. Em Santo André, além de mais 700 educadores, o orçamento da Pasta teria de ser totalmente reformulado.

Em Diadema, a secretária de Educação do município, Lucia Couto confessa que a rede precisa de mais 220 educadores. Em Mauá, os docentes utilizam entre 10% a 25% da carga horária obrigatória para planejamento, e o impacto da mudança está sendo estudado.

JÁ SÃO CAETANO limitou-se a dizer que o departamento jurídico estuda a lei para implementá-la – convenhamos, uma resposta plenamente insatisfatória e com a qual não podemos nos contentar.

Mas aguardem, esse assunto não morre aí!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s